quarta-feira, 19 de setembro de 2007

O Medo pode estar de volta.

É com apreensão que leio uma das noticias da actualidade, a Guerra Fria ainda está na minha memória, não que a tenha vivido de perto ... até porque neste cantinho da Europa, passamos quase sempre um pouco ao lado das coisas que realmente interessam ao mundo.

Com os Estados Unidos a viver uma verdadeira crise em todos os sentidos, causados, na minha modesta opinião, pela liderança fraca de um homem que não é conhecido pela sua grande inteligência, mas pela intransigência demonstrada nas suas opções, o mundo começa a viver uma nova mudança.

Parece que Nossa Senhora de Fátima, disse a Lúcia que o regime comunista na ex-Urss ia cair e que a Guerra não ia acontecer, mas esqueceu-se de dizer que eles voltariam, talvez mais fortes que nunca, porque desta vez vêm acompanhados ... sim com a china.

Os E.U.A. têm sentido nos últimos tempos a presença assídua de hackers Russos e Chineses nos seus sistemas informáticos ...

Miúdos a tentar ultrapassar barreiras e crescer no mundo da rede global? Não me parece, é a espionagem pura e dura do passado, mas agora à distancia, já não são precisos super espiões que para serem derrotados só pelo grande 007.
Os novos agentes de defesa são a firewalls, mas os espiões do presente são mais fortes.

Não me parece que seja por muito tempo que os E.U.A. consigam travar os avanços e deste modo daqui a pouco temos a Nova Guerra Fria, que não sei se será tão fria como a do passado.

As ameaças, chamadas tradicionais estão ai, já não se pode ter em conta apenas o terrorismo. As novas bombas e sua divulgação está ai ... vamos ver o que isto vai dar.

9 comentários:

Cristina disse...

Também não vivi a Guerra Fria, mas parece-me que, com os dirigentes actuais (de ambos os lados), outros problemas irão surgir. esta luta pela supremacia não tem barreiras e prejudica todos. Espero que os conselheiros que rodeiam os chefes de estado tenham discernimento para impedir novas guerras, semelhantes, por exemplo, à do Iraque que não trouxe nada a não ser mortes diárias.

Agora que os EUA estão amiguinhos da Coreia do Norte (medo!), este país saiu do Eixo do Mal... mas isto é decidido a bel-prazer do Bush? Oh que incompetência... Os EUA são uma potência, mas devem muito à inteligência.

Lua disse...

É verdade amor, parece que a grande potência está mesmo em crise!! e nós Europa é q nos lixamos sempre.

Acho que a inteligência dos EUA é apenas para o lado do mau!! Tinham logo que se tentar aliar com a China que são só apenas uns pequenos carolas que controlam tudo ao pormenor!!

Espero bem que a Guerra se fique pelas ameaças, pq se já passamos tempos dificeis nem quero imaginar se o Socrates se lembra tb de se aliar ao Bush... então é mesmo o fim dos pobres!!!

Beijos grandes

Bia disse...

Acho que a Guerra fria nunca deixou de existir, apenas adquiriu formas mais dissimuladas... vivemos num clima de medo constante, de corridas ao armamento, conflitos em vários pontos do globo... é tudo igual!! Entristece-me que o ser humano não seja capaz de quebrar estes círculos viciosos...

Beijinhos para ti e para a Lua!

JonyFingers disse...

E agora temos até uma França, país que não se tem metido na confusão, a dizer que está pronta para a guerra contra o irão...

não se aguenta...

Aquele abraço.

telmyy disse...

pois, eu não 'vivi' de perto a guerra fria pois tinha um aninho qd 'acabou' ( se é que realmente acabou )
mas estas noticias tamb+em me assutam. pois é uma hipotese tão provavel :x

***

Paulete disse...

A potência está tão em crise que ainda agora vi a notícia do Euro a bater recordes históricos, vale 1.41 dólares. Estão claramente a ir para o caminho errado.

E na onda das notícias, hoje novo tiroteio numa escola, diz muito do porquê de não estarem num trilho positivo....

Miss Alcor disse...

Nunca tinha pensado nisto dessa maneira!
É realmente uma realidade assustadora.
Ainda ontem ouvi dizer que em breve poderiamos ter uma guerra com o irão! Provavelmente para encontrar armas nucleares que não existem, tal como no iraque!
Indecente!
Esperemos que já não seja no nosso tempo!

Å®t Øf £övë disse...

Sol,
Às vezes chego a pensar que o mundo e a humanidade, nunca terão um dia que seja de plena paz global. Parece-me que isso é uma verdadeira utopia.
Boa semana.

Cristina disse...

Belo post, podes ter a certeza que é o que vai acontecer, se ainda não for pior...