terça-feira, 2 de outubro de 2007

Novos Hábitos


Todos nós sabemos, que o nosso carrinho nos proporciona uma maior autonomia e mobilidade que os transportes públicos que por vezes não conseguem, impedindo-nos de chegar ao nosso destino com maior rapidez e conforto.

No entanto, pensando bem, o conforto é sem dúvida uma mais valia, mas por outro lado, a rapidez acho que já não é bem assim. Eu, ando a maior parte das vezes de carro, assumo: é COMODISMO, mas em termos de rapidez, acontece-me demorar cerca de 1 hora a fazer um percurso que supostamente se faz em 20/30 minutos !!! isto desgasta.

Ao fim de alguns dias extremamente cansada e irritada, com a condução de determinados condutores, o pára-arranca que as longas filas proporcionam e com todo o stress provocado pelo próprio acto de conduzir, já para não falar nos gastos em combustível e a poluição que contribuo para o ambiente, tomei a iniciativa de no próximo mês passar a andar de transportes públicos.

É certo, que para fazermos da utilização dos transportes públicos um hábito, ainda há um longo caminho a percorrer por parte de todos. A diversidade e opção de transporte é cada vez maior, mas mesmo assim há inconvenientes dos quais a maioria se queixa e se justifica para não deixar de utilizar Transportes Públicos: Comboios e Metro – Assaltos, Autocarro – horários e apertões.

Sinceramente, assumo que trazer carro para o centro de Lisboa é de loucos, eu sou uma delas! No entanto, não tive opção enquanto estava na faculdade! Trabalhei de dia e à noite tinha de ir para as aulas, a rede de transportes para a minha casa a partir das 22h deixava simplesmente de me dar resposta o que me deixava sem manobra.

Neste momento, acomodei-me! Mas quero mudar isso, Agora vou passar a fazer umas corridinhas para não perder o autocarro/Metro assim sempre se faz mais um bocadinho de exercício físico e como não poderia faltar... de certeza que estarei a par de todos os programas de TV e telenovelas, pelas conversas que se vão apanhando :) é sempre uma excelente forma de começar o dia :) venha daí esse novo hábito!
PS: Pedimos desculpa pela ausência, mas têm sido umas semanas complicadas em termos de trabalho. Esta semana estaremos de mini-férias para descansarmos e voltarmos em grande! Beijinhos a todos.

16 comentários:

Canochinha disse...

Lua, primeiro que tudo não tenho carro. Mas mesmo que tivesse ia continuar a andar de transportes públicos porque:
a) é mais rápido
b) é mais barato
c) posso aproveitar o tempo da viagem para ler e/ou ouvir música
d) não fico com stress por ter de conduzir em Lisboa

Admito que um carro por vezes dá muito jeito, mas julgo que o hábito de utilizar transportes públicos ainda está longe de estar enraizado. A culpa é das pessoas, mas não só. Eu, que estou por dentro e sei do que falo, digo que continuam a faltar iniciativas por parte dos operadores de transportes públicos que sensibilizem as pessoas para a utilização dos mesmos. Mais, continuam a existir muitos interesses por parte de quem governa e falta coragem para implementar medidas como por exemplo fechar certas zonas de Lisboa ao público ou colocar portagens à entrada da cidade como acontece em Londres.

Bia disse...

Primeiro, ainda bem que temos novidades tuas, já estava com saudades!!

Segundo, é mesmo o que a canochinha disse nas alíneas, sem tirar nem por!! Somos mesmo da linha de sintra!! :)) Eu para ir de carro tinha de me levantar para aí duas horas mais cedo, e enfrentar o horror do IC 19, onde não é só o trânsito, mas também os acidentes! Assim vou sossegada, e demoro exactamente 20m de Massamá a Lisboa. E pago 30€ por mês... Vale muito mais a pena no meu caso. O meu irmão também tem carro como eu e segue a mesma política!

Cristina disse...

Subscrevo a opinião da Canochinha. Pessoalmente, não tenho nada contra os transportes públicos, excepto quando se apanham alguns anormais, e gosto muito de fazer a viagem de ida e volta a casa nos transportes: primeiro, comboio (claro que às vezes dou umas corridinhas, mas nada de mais e sempre dá para abrir a pestana) e depois autocarro, onde gosto de ver o movimento das ruas.

Aprecio também os transportes porque, às vezes, me permite prolongar o meu soninho... :) Sabe tão bem...

Corduroy disse...

Aqui não tenho esses problemas de trânsito infernal, logo o carro é o meu meio de transporte. MAs se por acaso tivesse de trabalhar em Lx, se calhar utilizaria os transportes públicos.

telmyy disse...

pois, acho que para quem vive nas cidades ( principalmente uma como lx ) , acaba por ser mais mais rapido e comodo andar de transportes publicos.

beijihnos *

Andreia do Flautim disse...

Olá!

POis, deve ser de doidos andar em lisboa sempre de carro!

Bruxinha na Lua disse...

Carro em Lisboa só em casos de extrema necessidade.
Prefiro usar os transportes publicos.
Não se tem a mesmam comodidade, mas pelo menos não há o stress do pára/arranca. E acabas por aproveitar o tempo para ler ou mesmo para dormitar mais um pouco :)
Espero que gostes da nova experiencia dos transportes publicos.
Bjinhos

Marta disse...

Lua,
Não te esqueças de nos contar como foi o "passeio".

Beijos

Menina da Lua disse...

Eu assim que vi a foto pensei: a Lua está no Porto! Ena! Logo a seguir estranhei o facto de teres ficado paradita na estação de Francos! Estranho! Tão mau ambiente à noite! :) Afinal, estamos a falar da capital...confesso-me: quando aí vou só ando de carro. Acho que morria se entrasse num autocarro da carris! :) Mas é tudo uma questão de hábito. Por aqui,vou todos os dias para o trabalho de metro e ainda ando uns bons 10 minutos a pé até chegar à estação. Beijoca

Marta disse...

Eu sou uma egoísta, confesso.
Mora na Baixa de Lisboa e trabalho no Oriente. Vou de carro todos os dias.

A razão:é mais rápido e mais barato!

Levo 10 minutos a chegar ao trabalho se for de carro, de transportes levo quase 1 hora.

O facto de nunca ter hora certa para sair também ajuda. Uma vezes consigo sair do trabalho às 21h30 outras por isso.

Confesso, não consigo deixar o carro.

Beijos para os dois.
PS.Aguardo a história da Quinta :)

Ana disse...

Pois... Tu tens uma boa rede de transportes seja autocarros seja metro... Já para estes lados, essa rede deixa muito a desejar! Ou seja os transportes públicos não são uma boa alternativa ao carro!
(Claro está que o metro ainda não chegou, nem vai chegar tão cedo! lol)

Leonor Martins disse...

Ora aí está uma decisão que gostaria de tomar. Infelizmente a insenção de horários, e reuniões semanais fora de Lisboa, tornaram o automóvel no meu fiel companheiro...mas há dias em que o pára arranca e o desespero em encontrar um lugar para estacionar, me leva a pensar que tenho de encontrar um meio termo e talvez deixa-lo no Oriente e ir de metro até ao escritório!

Bom regresso!

Paulete disse...

És tão corajosa:) Percebo perfeitamente quando dizes que te acomodaste, mas tal como tu, o ir trabalhar e estudar, cedo tive de começar a deslocar-me de carro próprio.

Ainda assim, quando trabalhava em Lx ia de transportes, de carro, horário normal no IC19 nem pensar.

Actualmente, com trabalho por turnos tenho mesmo de usar o pópó, se mudar a rotina, aí é que me custará a mudar novamente para transportes públicos...:p

caditonuno disse...

nós (eu incluído!) é que somos comodistas, como disseste.

fazes tu muito bem!

Ricardo disse...

Também eu já andei de transportes para tudo quanto era lado. Agora, só de carro.
Esta alteração deveu-se sobretudo ao factor "horários de trabalho versus transportes publicos depois das 00H00M".

Mas confesso que agora era me dificil voltar atrás, sobretudo de inverno!!!

Miss Alcor disse...

Eu vou de boleia! :D
Somos duas no mesmo carro!
Agora uma coisa é certa: andar de metro ou comboio é muito bom, mas o autocarro é a pior coisinha à face da terra!