quarta-feira, 16 de maio de 2007

Triste é como eu estou...


Estou triste, desmotivada e só me apetece sair daqui para apanhar ar fresco!
Estou sem ideias para escrever...

A origem de tudo isto é o meu trabalho que anda para ter uma reestruturação há 1 ano e nunca mais ata nem desata!! é desagradavél passar nos corredores e o tema de conversa dos meus colegas ser sempre o mesmo! Em que área ficamos?, quem será o novo Director? Será que vamos para o quadro da mobilidade?

Estou saturada, parece um pesadelo que nunca mais termina! E para agravar, os serviços estão praticamente parados porque o nosso Conselho de Administração não nos deixa avançar com os projectos já definidos, enquanto não se der a reestruturação! Qualquer dia não há nada para fazer e o melhor será propor ficar em casa, quando se lembrarem que o país tem de ir para a frente liguem para vir trabalhar!

Não sei até quando vou aguentar esta situação, não sou funcionária pública mas sinceramente estou farta de trabalhar para o Estado. Está sempre tudo em reestruturação, com isto vem mobiliário novo, obras nos gabinetes, e os caixotes já começam a fazer parte do nosso dia-a-dia!!

Desculpem o meu desabafo, mas já nem posso ouvir falar em restruturação!! depois dizem que os Funcionários Públicos não querem fazer nada!!

15 comentários:

Canochinha disse...

Lua, compreendo-te perfeitamente. Mas ao menos tu ainda sabes que está a decorrer uma reestruturação. Aqui, está a decorrer uma e ninguém diz nada a ninguém.

Força aí.

Lua disse...

Canochinha aqui tb! Sabemos que vai haver uma restrututação, que vem 3 institutos públicos(extintos) para cá, mas não sabemos qd. Não sabemos onde vamos ficar e se cá ficamos! Ninguém nos diz nada;(

beijocas

Alma Minha disse...

Tens toda a razão para estar assim!
Mas vais ver que vai correr tudo bem!
Beijos

Paulo disse...

Sinto muito Lua :( Calculo que seja muito desmotivante e, pior que tudo, inquietente trabalhar nessas condições.

Realmente este país é uma porcaria que não tem ponta por onde se lhe pegue... :S

Resta-me desejar melhor sorte para daqui em diante e muita FORÇA para aguentar as adversidades ;)

Cláudio Nuno disse...

desagradavél não, mas sim desagradÁvel!

eu também nao sei pra onde vou no final de agosto.

só espero que tudo corra pelo melhor. o que interessa menos sao os trabalhadores, infelizmente. os patroes é que se governam!

Lua disse...

Alma Minha: Obrigado, pelas tuas palavras!

Paulo: Agradeço a tua mensagem, esta situação já dura há algum tempo, so que hoje sinto-me completamente em baixo! Estou completamente desmotivada, apetece-me tirar férias só para não ter de vir para cá;(

Claúdio Nuno: Obrigado pela tua visita e pelas tuas palavras. Infelizmente ninguém dá valor aquilo que fazemos! Eu chego à conclusão que trabalhar ou não é indiferente! Só se importam é com eles mesmos.

Sandokan disse...

A glória não é nunca cairmos, mas sim levantarmo-nos sempre que caímos.
Vamos lá: CORAGEM!


Deixo-te este meu poema:

A casa está vazia.
Subo as escadas e tu apareces,
às vezes,
com as cores do Outono.
Vejo um vulto, és tu
que me deixas uma marca
sobre a minha palidez.

Já não queres aprender
com o passado e só preferes
gritar, chegar ao fim da vida
para então descobrir
que não viveste.

Já não falas e não te moves,
e no entanto a minha vida estremece,
assaltada pelos teus gemidos profundos.
O pranto cresce nas ruas da amargura
porque abandonas a terra,
olhando para trás.
Então,
agora vislumbras a beleza
e a alegria que nunca tiveste,
porque os medos em que viveste
te impediram de ser feliz.
Os meus dedos continuam a fechar
os olhos...
dos guerreiros mortos.

Quero agradecer, respeitosa e sinceramente, a todos aqueles que fazem do "nosso"

http://lusoprosecontras.blogspot.com

um ponto de encontro onde a Amizade, a Paz e o Bem nos fazem sentir e viver a vida com mais AMOR.

BEM-HAJAM!


Felicito-te, também, por me presenteares com este teu maravilhoso blogue. Gosto muito de aqui "ancorar".

Miss Alcor disse...

Pois, aí está o problema! É caso para dizer: "deixem-nos trabalhar!!!". É inacreditável a quantidade de mudanças por que alguns sectores passam!
Com o meu pai, acontece exactamente o mesmo! Já nem me consigo lembrar por quantos foram!!!
Lamento a tua situação. Pensa que é bom teres um emprego, por mais complicações que te traga!
Beijinho de força e boa disposição!

Lua disse...

Sandokan: Obrigado pela tua visita e pelo teu belo poema. Eu sei que há que levantar o astral, mas há dias que nos deixam muito em baixo.

Miss: Eu sei que há muita gente a passar por isto. É uma instalibidade tão grande estar nesta situação.
obrigado pelas tuas palavras.

beijinhos a todos

Noquinhas disse...

É a incerteza de como vai ser o dia seguinte. Espero que tudo corra pelo melhor. :)

Jinhos

SC disse...

Há dias assim, temos de ser tolerantes connosco. Espero que hoje já estejas mais animada!

Mo disse...

compreendo, o tempo a passar e cada vez mais inutil, já senti isso. hoje agradeço o salário ao fim do mês, que me renovem o contrato porque as grandes filosofias não dão de comer

Mo disse...

que tal criar o teu pp emprego?

Lua disse...

Noquinhas e SC: há dias que vamos mais a baixo, obrigado.

MO:já pensei nisso! aliás ando a preparar as coisas para o momento certo.

Obrigado pelas vossas palavras

Sol disse...

Este é um problema que vivemos no nosso dia a dia, a incerteza de como será o teu trabalho no futuro, e embora não seja necessário dizer ... sabes que me tens como apoio...

Realmente neste dia andaste um pouco fora do normal.

Amo-te