segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Atitudes e Estados de Espírito!


Hoje, enquanto tomava café com as minhas colegas que regressaram de férias, uma delas disse uma frase que me fez pensar: “Se és feliz, atrais pessoas felizes; se não és, atrais pessoas infelizes”.

Pensando bem, a frase faz um certo sentido, estamos sempre à procura de alguém parecido com nós, com quem nos identifiquemos e que tem os mesmos problemas que nós, com quem nos sentimos bem!. No entanto, nem sempre é assim, sei que na maioria das vezes quando se está feliz, muitas pessoas, acabam por ser egoístas, pois pensam se as pessoas são felizes, para quê relacionar-se com pessoas tristes para ficarem iguais a elas?

Confesso que não penso desta forma, quando estou feliz, gosto de partilhar a minha felicidade com quem gosto e sei que posso confiar, sem nunca me esqueçer daqueles que estão a enfrentar problemas, gosto de os ajudar mesmo quando estou bem. Respeito-os.

Por outro lado, o estar triste nem sempre se atrai pessoas também com esse estado de espirito. O Problema é que as pessoas infelizes continuam a fazer coisas que as aborrecem, prejudicam, contribuem ainda para sua infelicidade, e muitas vezes também se afastam de tudo e todos. Eu faço isso muitas vezes!! Com isto tentam encontrar algum “apoio” em alguém que também está com problemas, tudo isto para encontrar um problema igual ou pior para se sentirem melhor.
Temos que pensar que a Felicidade e a tristeza, são sentimentos que não permanecem de uma forma constante na nossa vida e por isso não devemos “seleccionar” este ou aquele consoante o nosso estado de espírito, pois pode acabar por magoar alguém ou até nós próprios.


12 comentários:

Canochinha disse...

Eu conheço uma pessoa a que a frase "Se és feliz, atrais pessoas felizes" encaixa que nem uma luva... o meu menino! Como ele está sempre bem-disposto, toda a gente ao pé dele fica bem disposta e é uma coisa mais ou menos contagiante :)

Corduroy disse...

HEHE Canochas. Isso é um dom o k o teu rapaz tem. Eu por vezes tb sofro dessa alegria contagiante, mas não a consigo manter sempre...

Em relação ao post, eu apenas gosto de ser feliz e de fazer as pessoas que gosto, felizes. Entretanto, isso acontece por acaso na maior parte das vezes, pois não é algo premeditado. É algo k já faz parte da pessoa, que neste caso sou eu. :))

Andreia do Flautim disse...

Isso é verdade!

Menina da Lua disse...

Verdade verdadinha! Parece que isto é como um carrossel! Ainda que por vezes tenha o engenho de ser um interruptor: aparentemente muito para cima, mas por dentro muito down...beijoquinha

Å®t Øf £övë disse...

Lua,
Ainda há pouco escrevi num dos meus blogues o seguinte:
Ser feliz é uma coisa que se é... ou não é.
Não se pode "estar feliz". Pode-se estar bem disposto, pode-se estar alegre, pode-se estar satisfeito, mas feliz é uma coisa que simplesmente não faz sentido estar.
Ou se é ou não se é.
Bjs.

Marta disse...

Sim.
Sou feliz. Tenho tudo para ser uma pessoa feliz.

Não sei se atraio pessoas felizes mas tempo manter sempre a boa disposição.

No entanto nem sempre é fácil, porque embora seja uma pessoa feliz, também eu tenho os meus dias menos bons.

Beijos

Luna disse...

curioso... texto curioso...
ler isso tudo depois do que escrevi no meu, confude-me, da-me força, faz-me pensar (ainda mais) e sinto como se tivesse a levar uma descarga moral... loool
adoro pessoas felizes que sabem partilhar com os outros essa boa disposição, eu sou assim e normalmente vivo num mundo so meu cheio de sorrisos mas nem sempre o consigo manter... o mundo real nao deixa...
beijooo

telmyy disse...

' Com isto tentam encontrar algum “apoio” em alguém que também está com problemas, tudo isto para encontrar um problema igual ou pior para se sentirem melhor. '

uma altura em que andava mesmo mesmo em baico, conheci um raaz no fotolog que ao que parecia, tinha os mesmos 'problemas' que eu.
tivemos uma conversa fantástica. ele entendia o que eu dizia. percebia-me. e estava como eu.
felizmente estamos os dois bem mlhr agora :D

beijinhos *

Lua disse...

Canochinha,

o pouco q conheçi do teu menino, é realmente contagiante a boa disposição dele:)

Corduroy: Tb gosto de ser feliz e fazer os outros felizes, não sou egoísta com a minha felicidade:)

Menina da lua: Tb gosto de por as pessoas bem, qd estou mais em baixo, refigio-me só para mim!

Art Of Love: Concordo totalmente contigo! É impossível estar em plena felicidade! Temos momentos de alegria, boa disposição, amor, etc... que nos fazem sentir felizes naquele momento.

Marta: A vida é mesmo assim! embora tenhamos tudo a correr bem, às vezes há momentos de tristeza. Faz parte da vida! Há é que tentar q esses momentos de tristeza sejam por pouco tempo.

Luna: Já percebi q não estás mto bem, e fico feliz por saber q o meu post já contribuiu para animares um pouco:) Acredita q há momentos na vida, q parece q tudo se virou contra nós, mas temos q mostrar q temos força para encontrar a alegria.

Telmy: muitas vezes ter os mesmos problemas ajuda a enfrenta.los e no teu caso parece q foi mesmo isso q aconteceu! Por outro lado, pode tb pode acontecer o inverso.

Beijocas grandes a todos

Paulete disse...

Mais do que atrair ou repudiar sentimentos, a forma como se encaram os problemas e alegrias é qeu contribuem para o nosso esatdo de espírito.

Acho que é mais, se tiveres uma atitude positiva, atrais boas energias. Ou seja, mesmo tristes e com problemas conseguimos de uma ou outra forma resolvê-los, e pelo caminho somos ajudados e encontramos pessoas com a mesma forma de pensar.

Bia disse...

Concordo em absoluto!! Conforme o nosso tipo de atitude, as pessoas tendem a identificar-se ou não...

Miss Alcor disse...

Concordo! Acho que a maneira como nos encontramos acaba por influenciar os que nos rodeiam!
Se aparecermos com um sorriso, cheios de momentos agradáveis para contar, podemos levantar até a pior disposição!
Acredito perfeitamente nisso!
E então, a tristeza é uma daquelas coisas tao contagiantes como a felicidade! Se estivermos tristes, vamos acabar por contagiar aqueles que nos rodeiam, quanto mais porque se preocupam connosco!